Perguntas Frequentes

SERÁ QUE MINHA CICATRIZ VAI FICAR FEIA?

A cicatrização é uma característica individual, que pode ser influenciada pela genética. As cicatrizes em cirurgia plástica geralmente ficam em lugares escondidos ou em dobras naturais do nosso corpo. Vale conversar com o cirurgião a respeito da sua cicatrização. De rotina, as cicatrizes ficam pouco visíveis e vão se atenuando no decorrer do primeiro ano.

TENHO UM QUELÓIDE. SERÁ QUE VOU DESENVOLVER OUTRO COM A CIRURGIA?

Quem tem predisposição a quelóides certamente pode desenvolver outro em qualquer região do corpo. Existem alguns tratamentos para amenizar o quelóide como a radioterapia, compressão local com placas de gel ou silicone e as injeções de corticóide. Converse com seu médico a respeito.

EXISTE RISCO NA CIRURGIA?

Esta é uma pergunta frequente no consultório. A cirurgia plástica bem realizada diminui os riscos de forma que a probabilidade de algo grave acontecer é raro. Riscos sempre vão existir e o importante é que se siga à risca as recomendações médicas. Exames pré-operatórios normais, uma boa equipe de médicos e um hospital bem equipado são a rotina de cirurgias sem intercorrências.

A QUAL ANESTESIA VOU ME SUBMETER?

Para cada tipo de cirurgia, existem possibilidades anestésicas, que podem ser Local, Peridural, com ou sem Sedação, ou Geral. É questão de se conversar com seu médico e com o anestesista.

 

QUAL O TEMPO DE INTERNAÇÃO?

Existem cirurgias do tipo ambulatorial, na qual o paciente se submete a uma cirurgia e logo após já é liberado. Outras cirurgias são do tipo Hospital-dia, em que o paciente interna, faz a sua cirurgia e é liberado no mesmo dia após recuperação anestésica. Cirurgias maiores ou associadas normalmente exigem internação por período que pode variar de 1 a 2 dias.

É POSSÍVEL REALIZAR DUAS CIRURGIAS AO MESMO TEMPO?

Isto deve ser discutido com o cirurgião plástico, porque depende do tipo de cirurgia que vai ser feita. De forma geral, as cirurgias conjugadas podem ser realizada.

A MAMOPLASTIA DE AUMENTO DEIXA CICATRIZES?

Toda cirurgia deixa cicatrizes. Felizmente, esta cirurgia nos permite colocar as cicatrizes em locais disfarçados. A cicatriz costuma ser pequena e de boa qualidade, o que somado à uma localização oculta a torna bastante discreta. O tamanho da cicatriz será o menor possível para colocar a prótese de mama, geralmente 4cm.

ONDE SE LOCALIZAM AS CICATRIZES?

Alguns cirurgiões as situam no sulco formado entre a mama e o tórax. Outros, na área da aréola, e até mesmo na axila. O tamanho das cicatrizes é o mesmo, independente do local, pois é o menor tamanho que possibilite a colocação da prótese de mama escolhida (geralmente 4 cm para próteses em torno de 260 ml).

COMO FICARÃO MINHAS NOVAS MAMAS, EM RELAÇÃO AO TAMANHO E CONSISTÊNCIA DEPOIS DE COLOCADAS AS PRÓTESES?

As mamas podem ter seu volume aumentado através da cirurgia de prótese de mama. Além disso, almejamos melhorar sua consistência e forma com a intervenção cirúrgica. Assim é que, neste caso, pode-se escolher o novo volume, pois dispomos de vários tamanhos de peças de silicone a serem introduzidas. Existe uma harmonia entre o volume ideal das mamas e o tamanho do tórax, característica esta que deve ser preservada no planejamento da cirurgia.
A prótese de mama tem uma consistência maior do que o tecido normal da mama, logo para pacientes com pouca glândula é comum um certo grau de aumento da consistência das mamas após a colocação das próteses.

QUANDO ATINGIREI O RESULTADO DEFINITIVO DA MAMOPLASTIA DE AUMENTO?

Apesar do resultado imediato ser muito bom (70%), somente no período tardio é que as mamas atingirão sua forma definitiva ( após 6 meses). A maior parte do edema (inchaço) sai depois de 2 meses da colocação das próteses, sendo este o período de maiores mudanças na forma das mamas.

QUAIS SÃO OS RISCOS E COMPLICAÇÕES DA LIPOASPIRAÇÃO?

A submissão em qualquer procedimento cirúrgico pode envolver o risco de complicações, tais como os efeitos da anestesia, infecção, inchaço, sangramento e dor. A lipoaspiração é normalmente segura e com riscos mínimos, com possíveis complicações quando os pacientes não são cuidadosamente selecionados, a sala de cirurgia não é devidamente ocupada ou o médico não foi devidamente treinado.
Lipoaspiração é o mais frequentemente realizado procedimento cirúrgico cosmético e tem um histórico de segurança muito bom quando realizado em conformidade com as recomendações da Sociedade de Lipoaspiração.

QUE TIPO DE ANESTESIA É NECESSÁRIA QUANDO SE FAZ UMA LIPOASPIRAÇÃO?

Vários tipos de anestesia podem ser utilizados para os procedimentos de lipoaspiração. Se uma pequena quantidade de gordura é removida, de um número limitado de áreas, anestesias locais e uma sedação leve para (fazer você se sentir sonolento e relaxado) pode ser considerada. Ao tratar áreas de maiores, a anestesia geral é tipicamente utilizada, fazendo com que você fique dormindo durante todo o procedimento. Juntos, você e o cirurgião irão selecionar o tipo de anestesia que fornece o nível mais seguro e eficaz de conforto para sua cirurgia plástica.

EM QUE ÁREAS DO CORPO A LIPOASPIRAÇÃO PODE SER FEITA?

Os locais mais comuns para lipoaspiração incluem o queixo, bochechas, pescoço, braços, abdômen, nádegas, quadris, coxas, joelhos, panturrilhas e tornozelos.

QUANTAS HORAS DURA UMA LIPO?

O tempo para realizar a lipoaspiração pode variar consideravelmente, exigindo geralmente entre 1 a 4 horas, dependendo do tamanho da área, a quantidade de gordura a ser removida, o tipo de anestesia e a técnica a utilizada.

COMO DEVO ME PREPARAR PARA LIPOASPIRAÇÃO?

Antes de o procedimento cirúrgico, o cirurgião vai realizar uma análise clínica completa e exame físico para avaliar o seu peso total, a sua pele e tônus muscular, além da distribuição global dos depósitos de gordura. Também será necessário o conhecimento de suas alergias, medicamentos de uso regular e cirurgias anteriores - afinal, seu cirurgião precisa calcular todos os possíveis riscos da sua operação. Instruções específicas para auxiliá-lo na preparação para este procedimento serão dados a você depois da análise completa de sua saúde física.
As orientações que serão passadas pelo seu médico provavelmente incluirão observações com relação a sua dieta, ingestão de álcool, tabagismo e quais os medicamentos a tomar e o que deve ser evitado. Você também deve tomar providências, como alguém para conduzi-lo de volta para casa. Aliás você deve se lembrar de que precisará de alguém para te ajudar com suas atividades durante o período de recuperação.